Início > Artigos, Outros > Parece JOSÉ, mas é JUDAS !

Parece JOSÉ, mas é JUDAS !

Já se foi o tempo em que alguém se apresentava como crente, membro de uma igreja Evangélica, e você ficava tranqüilo, porque podia confiar. Não hesitaria em indicá-lo ou contratá-lo como empregado(a), ou para ser uma trabalhadora doméstica. Emprestava e era certo receber de volta. Os tempos mudaram. Já ouvi casos de crentes, até mesmo oficiais de igreja (diáconos) furtando dinheiro das ofertas de suas igrejas. A que ponto chegamos! Muita atenção ao lidar com pessoas chamadas cristãs, mesmo que sejam seus parentes, porque algumas tentam aparentar uma coisa, quando na realidade são outra. Parecem José, mas são Judas. Fazem questão de se aproximar de qualquer atividade que mexa com dinheiro. Por que será? E, como o velho Judas, acham que nunca serão descobertas….

Veja só as semelhanças e diferenças entre José e Judas e não caia numa boa conversa!

José, o décimo primeiro filho de Jacó é conhecido como o Estadista do Egito. Seu nome hebraico significa: “possa ele (Deus) acrescentar”. Ele foi o mais perfeito antítipo de Jesus Cristo. Foi o salvador de povos em sua época.

Judas Iscariotes, o homem de Queriote. Nada é dito na Bíblia do seu passado além da sua cidade natal vinculada ao seu nome. Uma frase pode resumir a sua vida: Tão perto do Salvador, mas tão longe da Salvação. O seu título maior – o traidor do Messias. Isso foi conquistado não por determinação ou predestinação divina; porém, por sua própria e deliberada vontade.

ALGUMAS SEMELHANÇAS E DIFERENÇAS:

a) Ambos se tornaram personalidades famosas, conhecidas no mundo inteiro. Chamaram a atenção pelos seus feitos.

José, como símbolo do bem e Judas, como a própria encarnação do mal!

b) Ambos fizeram parte de projetos especialíssimos e estratégicos de salvação de pessoas:

José, de um projeto de salvação do mundo Egípcio e nações vizinhas fadados ao aniquilamento e extinção, pela fome.

Judas, de um projeto de salvação do mundo Judeu e nações gentílicas fadados à perdição eterna, pelo resultado do pecado. Notadamente, o projeto do qual José participou era de natureza material. Por outro lado o projeto do qual Judas participou era de natureza espiritual. Entretanto, José teve um comportamento espiritual e Judas, um comportamento carnal.

c) Ambos integraram grupos, com lideranças definidas.

José integrou o grupo dos doze filhos de Jacó, liderado por Jacó, que é a base e fundamento da nação de Israel, o povo escolhido de Deus.

Judas integrou o grupo dos doze apóstolos, liderados por Jesus, que é a base e fundamento da Igreja (Ef 2.20), o novo povo escolhido de Deus.

d) Ambos trilharam seus próprios caminhos, mapeados pela narrativa bíblica:

José, um adolescente mimado, confuso e protegido do pai, precisou perder tudo, para parar de se preocupar apenas com o seu próprio status, conforto e bem estar pessoal, para aprender a depender somente de Deus e para aprender a distribuir os bens materiais por todos os seus irmãos e demais seres humanos.

Judas, um homem feito, determinado, egoísta, sonso, teve toda a oportunidade possível para aprender com o Mestre dos mestres sobre o amor ao próximo, a solidariedade humana e a compaixão. Entretanto, preferiu se aproveitar materialmente de uns poucos trocados pertencentes ao seu grupo em benefício próprio. Triste escolha. Valiosa oportunidade perdida.

e) Ambos exerceram um papel, desempenharam uma função que tinha tudo a ver com provimento e administração de recursos materiais. Recursos esses que deveriam ser bem geridos em prol do bem-estar de todo o grupo.

José, orientado e dependente de Deus, na qualidade de administrador de Faraó, demonstrou algumas das mais importantes qualidades de um mordomo dos bens alheios:

– Humildade: “… escolha Faraó um homem ajuizado e sábio e o ponha sobre a terra do Egito.” (41.33)

– Temor e convicção: “Deus dará resposta….” (41.16)

– Propriedade e clareza: “O sonho de Faraó é….” (41.25)

– Senso de urgência: “… e Deus se apressa a fazê-la.” (41.32)

– Competência de administrador: “Faça isso Faraó…” (41.34)

– Transparência administrativa: “Assim, ajuntou José muitíssimo cereal, como a areia do mar, até perder a conta, porque ia além das medidas.” (41.49). O resultado da sua boa administração foi armazenado nos celeiros de Faraó e era visível a todos.

Judas, movido pela ganância e pela intenção de levar vantagem em tudo, na qualidade de “gerente financeiro” do grupo de Jesus, demonstrou algumas das mais características marcas de um péssimo, interesseiro e defraudador mordomo dos bens alheios:

– Traidor, infiel, que age premeditadamente contra o seu “patrão”: “Mas Judas Iscariotes, um dos seus discípulos, o que estava para traí-lo, disse:” (Jo 12.4).

– Desprezo ao seu “patrão” reduzindo-o ao valor de um escravo: “Que me quereis dar, e eu vo-lo entregarei? E pagaram-lhe trinta moedas de prata.” (Mt 26.15)

– Falso interesse pelo próximo: “Por que não se vendeu este perfume por trezentos denários e não se deu aos pobres? Isto disse ele, não porque tivesse cuidado dos pobres;” (Jo 12.5). Na verdade o que lhe interessava era o próprio umbigo.

– Falta de transparência, ausência de prestação de contas; pois fazia retiradas sem autorização: “Mas porque era ladrão e, tendo a bolsa, tirava o que nela se lançava. (Jo 12.6)

– Aparente afetividade e carinho, porém com fins escusos. “E, logo que chegou, aproximando-se, disse-lhe: Mestre! E o beijou.  Então, lhe deitaram as mãos e o prenderam.” (Mc 14.45-46). Administradores como Judas precisam conquistar a confiança do patrão para poder meter a mão.

Cuidado!!!!!  Parece José, mas é Judas!!!

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. 08/07/2015 às 21:25

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: